segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

UM FELIZ ANO NOVO!



Momentos de paz e esperança,
De expectativa e confiança
De um mundo bem melhor.
Viver uma nova emoção,
A vida é uma eterna canção,
Pois nunca estaremos só.

Tempo é o sinal da verdade,
Na vida só vale a amizade...
Vamos ter fé e acreditar,
Que a força da comunhão
Se confirme no perdão;
Para Deus nos abençoar.

É mister saber caminhar,
E um ano novo alcançar,
É o eterno que nos convida.
Ele dá o sentido do viver,
Precisamos viver o ser,
Para ser feliz na vida.

2009, sejamos uma luz,
Com amor levemos nossa cruz,
Ano novo, vida de oração...
Maria nos ensina a amar,
Deus é quem nos faz perdoar;
Escutai a voz do coração!

Alfredo Fagundes

domingo, 28 de dezembro de 2008

O Pneumo Poeta

Não é raro o paciente do Dr. Alfredo Fagundes (61) ser recebido em seu consultório, com uma ‘boa dose’ de poemas logo de cara. Assim, ele, que é sensível e transparente, embala o doente e, enquanto não publica o seu livro de poesias ( o fará depois do casamento da sua filha Hérica, em agosto), vai ensaiando, declamando seus poemas criados desde o seu tempo de Mamanguape, sua terra natal, onde era embalado pela leitura de Guilherme de Almeida, Laurindo Rabelo, Olavo Bilac e Cassimiro de Abreu.

Alfredo, filho de Albertina (a sua veia poética é dela) e de Alfredo Alves de Souza, com oito irmãos e muito aconchego na infância, sonhava em ser jogador de futebol. Era ponta direita do time local e tinha o Gilmar e Bellini como ídolos. O sonho de ser jogador só durou até os 15 anos de idade, época em que foi operado de um abcesso pulmonar e do apêndice, em Recife, no Hospital Centenário. O sonho de ser médico nasceu neste hospital. Do Instituto Moderno em Mamanguape de Adailton Coelho Costa, ao Liceu paraibano à UFPB foi um pulo só. E justifica o sucesso acadêmico: “ Vim para capital estudar” fala Alfredo Fagundes hoje um homem feliz, feliz, ao lado da sua Sonia, e filhos Hérica, Thiago e Alfredo. Thiago segue os mesmos passos do pai. Faz medicina e entra no campo da cirurgia torácica já estagiando, através de concurso, no Traumas e no Laureano.

Estrevistamos Alfredo em seu consultório na Alergo Clim, na Rui Carneiro, com quem divide sociedade, há cerca de dez anos, com José George Carneiro Braga, e entre uma reminiscência e outra, vem o poema dedicado ao pai, a quem amou de paixão:


Se Duas Vidas eu Pudesse ter/

Uma com certeza eu lhe daria/

Para reinar de novo em minha casa/

A vontade, a verdade e a melodia.


De família pobre, Alfredo concluiu seu curso aos 25 anos e continuou seu aprendizado na PUC (SP) por três anos. Noivo de Sonia Lins, bela e assediada, dia 16 de dezembro de 74, eles sobem ao altar recebendo as bênçãos de Padre Juarez na Catedral e seguem em lua de mel para Recife onde ficam no hotel Boa Viagem. Foram morar no Rio de Janeiro. Alfredo foi atuar na Policlínica Geral do Rio sendo assistente do professor Edmundo Brundi, ainda hoje seu guru. Na época era o melhor serviço de pneumologia da América Latina. Por lá fica por três anos. Vai assumir posto em Recife após concurso e instala na capital Pernambucana a clinica Alergo Tórax. Em Recife nascem os seus três filhos. Com eles os tributos aos jovens pais: as mamadeiras, as noites insones, as fraldas que eram divididos ao longo da caminhada.

Da infância em Mamanguape guarda, além das estórias que a mãe contava, um local especial na sua memória que é o ‘banho do sertãozinho’ uma fonte d’Água que na década de 60 era o lazer da sociedade. “Volto sempre por lá com os meus filhos” fala Alfredo todo saudosista. Com 32 anos de uma feliz união com Sonia, Alfredo, romântico e sempre bem humorado, e sem medo de ser feliz declara: “ Deus mora comigo” . E pela sua cara feliz pode ter certeza que sim!


O QUE ELE DISSE:

CIGARRO: é o veneno da humanidade. Só este mês atendi no meu consultório cinco casos de câncer de pulmão.

A BOA: o laboratório Cytos Biotechnology, em Zurique, anda desenvolvendo uma vacina que deverá acabar de vez com o tabagismo. Em 2010 ela estará no mercado.

O REMÉDIO DA MODA: o Xolair, vacina criada no laboratório suíço Novartis, contra a asma, rinite alérgica e dermatite. Só tem um porém, é caríssima. Não passei ainda para nenhum cliente meu.

SE NÃO FOSSE casado seria padre.

ADORO o meu quarto na minha casa.

SIGNO: gêmeos.

ATUALIZAÇÃO: anualmente participo de quatro Congressos no Brasil e exterior.

ACERVO: como poeta tenho mais de 230 poemas. Ainda em 2008 vou publicá-los com o título ‘Raízes do Coração’.

O ANTIBIÓTICO DA VEZ: por ser menos tóxico, as Quinolomas.



Para Sonia, sua musa:


És o sol que me ilumina/

Que me aquece e fascina/

E me ajuda a viver/

És o ar que eu respiro/

Mãe dos meus três santos filho/

Encantos do meu querer.



Para os Filhos: Hérica, Alfredo e Thiago

São três pétalas, rosas lindas/

São três flores pequeninas/

Do jardim da minha vida/

Três perfumes envolventes/

Foi Deus que me deu de presente/

Faz parte da minha vida



ALFREDO POR ELE MESMO:

SONHO DE CONSUMO: assistir uma ópera em Viena.

HOBBIE: Colecionar relógios e som.

SAUDADES: do meu pai que é o meu herói, meu amigo.

AMIGOS: José George Carneiro Braga, Fernando Lianza Dias, Francisco de Assis dos Anjos, Tarcisio Fagundes, Vitório Petrucci e José Bezerril Rodrigues.

MELHOR PNEUMOLOGISTA na América Latina: Dr. Gilberto Bueno Fischer, da Universidade Federal do RGS.

O QUE FALTA EM JOÃO PESSOA: nada.

LIVROS QUE ANDO LENDO: Confissões de Santo Agostinho; Médico de Homens e de Almas ( a história de São Lucas) de Taylor Caldwell; e Eneadas de Plotino.

PROGRAMA FAVORITO: fazer poesia nos jardins da minha casa em noite enluarada ouvindo músicas clássicas.

SE NÃO MORASSE EM JOÃO PESSOA: Iria para Mamaguape ou uma serra gaúcha.

NOTA PARA A CIDADE: 10.

CANTORES PREFERIDOS: Carlos José, Frank Sinatra, Pat Boone e Bárbara Streisand.

ATORES: Hugo Santana.

GRIFFE: Brooksfield.

COMIDA: qualquer coisa a base de bacalhao.

ESPORTE: apenas caminhadas.

RESTAURANTES: Sagarana e Famiglia Muccini.

ANJO DA GUARDA: Nossa Senhora Aparecida.

NOS FINAIS DE SEMANA: Viagens curtas; jantar com a família e assistir o pôr do Sol do Jacaré.

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Nasci em uma cidade simplória - meu MAMANGUAPE QUERIDO

Nasci em uma cidade muito simplória, interiorana, no estado da Paraíba, minha querida Mamanguape, lugar onde a dignidade, o respeito, a lealdade, a prudência, a paciência, o caráter; esses requisitos, eram a célula mais acolhida e, vivenciada pelo povo simples e sofrido da minha terra.

Lá, era uma verdadeira cátedra de elegância, lugar aonde cantava a vida em verso, os lares viviam apaixonadamente, era uma escola de fidelidade, um conserto de amor a vida.

As noites, os casais faziam juras e, provas de amor ao som da melodia do universo, onde a lua e as estrelas eram as únicas confidentes e, presentes dos corações apaixonados.

Minha casa era simples, mas meus pais (Alfredo e Albertina), se amavam verdadeiramente, deixavam em nós, a sua identidade na intensidade do seu amor infinito, na sua vida a dois, a família. Deslumbrei, descobri, vi a presença de Deus na construção do seu testemunho.

Sou filho deste casal apaixonado, o ícone do meu viver, de toda a minha existência, o meu arauto, meu melhor conselheiro, o meu eterno referencial; com eles, aprendi as lições da vida, que eu guardo como relicário da minha existência.

A meus pais, todo o meu reconhecimento.


Prece a meu Pai

“REVIVENDO O QUADRO DE MINHA VIDA,
PILOTANDO NAS PÁGINAS ETERNICIDAS
DAS VERDADES QUE JAMAIS SE DESFAZ.
MERGULHO O MEU SER NO INFINITO
E, NO OCEANO DA SAUDADE EU FICO
COM A LEMBANÇA DE VOCÊ, MEU PAI!”


Prece a minha Mãe

“MÃE, BENDITA SEJAS TU ! SANTUÁRIO DA BONDADE,
TESTEMUNHO DA VERDADE, RAZÃO DE TODO MEU SER.
CELULA QUE ME FEZ NASCER, LIÇÃO DE DIGNIDADE,
EXEMPLO PARA HUMANIDADE; MÃE, ADORO VOCÊ!”

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

NATAL...




Natal é festa de amor, esperança e doação; ao comemorarmos esta festa, queremos que ela seja um compromisso com a vida, com o homem todo e, com todos os homens. Que não haja apenas um simples trocar de presentes, mas, que desperte em nós, nossa consciência,o desejo de lutarmos por uma sociedade nova, mais justa e mais fraterna, onde exista amor e respeito a dignidade da pessoa humana.

O mundo esqueceu que o menino Jesus é o centro do Natal, mas nós, que pertencemos a uma família que se diz cristã, queremos festejar o Natal, vivenciando os ensinamentos do mestre, partilhando e caminhando nas estradas do tempo com a vocação que nos foi ofertada; por isso queremos revelar a todos que o Natal é festa do amor maior... É a festa da espera... É a grande festa do encontro, encontro de homens com Deus.

A nossa festa do Natal tem o dom não só de unir, mas também, de fazermos uma reflexão, uma análise de nossa caminhada, limpando a nossa casa, para que o menino Jesus possa verdadeiramente nascer e, renascer em nosso coração e, desta maneira, fazendo deste encontro, uma grande família.

Natal é festa universal... É festa de doação... Doação do pai que nos deu seu filho de presente, doação de Maria, nossa mãe, que também deu seu filho de presente. Por isso não devemos dar apenas presentes para o próximo, e sim, sermos presente para o próximo e, estarmos presentes quando este precisar de nós.

Senhor Jesus, nós acreditamos e confiamos no teu amor infinito. Sabemos que és:
Luz que veio para o meio dos homens...
Luz que ilumina o caminhar da humanidade...
Luz que aquece o frio da falta de amor...
Luz que se irradia e comunica.

Obrigado Senhor:
Pelo dom de nossa vida...
Pelo dom de nossa fé...
Pelos obstáculos e dificuldades que enfrentamos...
Pelo bem que conseguimos realizar.

Perdão Senhor:
Pela nossa fraqueza e omissão...
Pela falta de compromisso com tua palavra...

Fica conosco Senhor, abençoando-nos hoje e sempre e, que o nosso Natal, não seja apenas uma simples recordação do aniversário de teu nascimento, e sim, que desperte em nós, a responsabilidade... O compromisso com o Teu evangelho e, que a igreja do povo de Deus, possa ser capaz de descobrir e vivenciar o belo... Sentir e descobrir o perfume do Cristo que habita no sacrário do nosso coração... E mergulhar na profundidade do ser, para que nós possamos, de mãos dadas, caminhar ao teu encontro. Rogamos a Deus, que o ano novo seja de realizações... De paz... De êxito... E que o Espírito Santo seja uma constante na grande família do povo de Deus.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Minha casa... Meu refúgio...




Os meus melhores momentos, os mais belos e felizes de toda minha existência, são vividos e convividos no meu lar e, o meu melhor abrigo, o meu refúgio, é o lugar onde o perfume e o amor me dá a certeza da paz interior, pois emana em meu coração, a mais linda e doce melodia responsável por toda minha felicidade.

Choro a saudade do tempo que passou, mas, as lágrimas, saúdam meu interior como uma oração do meu agradecimento a DEUS, pela oportunidade poder construir o meu ninho; o espaço aonde o tempo desabrochou as flores do jardim da minha vida.

Passou o tempo, a saudade é meu melhor abrigo, é uma prece de agradecimento ao passado, que eu faço com toda pureza d’alma... Como que valsando no tempo do meu existir a mais plena e bela sinfonia do amor sem fim.


SÃO 5 VIDAS EM COMUNHÃO,
DE AMOR E DE PERDÃO,
DE ALEGRIA E DE TRISTEZA.
5 EM 1 SÃO NA VERDADE,
MEU TESOURO DA AMIZADE,
A MINHA MAIOR RIQUEZA.

E ASSIM VOU CAMINHANDO,
CADA DIA MAIS AMANDO,
VIDA À 5 É COMUNHÃO.
SÓ O AMOR É QUEM CONSTRÓI,
QUE NEM O TEMPO DESTRÓI,
QUANDO A VIDA É DOAÇÃO.

ELEVO MEU PENSAMENTO,
E PARO POR TODO TEMPO,
PARA AGRADECER O SENHOR:
MINHA ESPOSA – FORTALEZA,
MEUS FILHOS – MINHA RIQUEZA,
CASA ONDE HABITA O AMOR.

HÉRIKA, ALFREDO E THIAGO
EU OS TENHO BEM GUARDADOS
NAS CORDAS DO CORAÇÃO…
SÔNIA MINHA ESPOSA QUERIDA,
MINHA MUSA PREFERIDA,
SANTUÁRIO DE ORAÇÃO…

SOU FELIZ POR TODA VIDA,
PELA GRAÇA CONCEDIDA,
DAS MÃOS DO MEU SALVADOR.
O TEMPO MOSTRA A VERDADE:
MEUS FILHOS – PERFIL DE BONDADE,
MINHA ESPOSA – CANÇÃO DE AMOR.

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Meu Querido Esposo Alfredo


Esperei um dia especial para registrar todo o meu amor, meu apreço e dedicação por minha ALMA GÊMEA; e hoje, 16 de dezembro, data tão especial, onde celebramos 34 anos de vida matrimonial, vida a dois, porque não dizer de vida ÍMPAR!!! A qual vivenciamos o ápice deste amor maduro e forte, abençoado por DEUS; que se faz presente em todos os momentos d'alma e de nosso ser.

Amar é celebrar esta Boda de 34 anos, de viver apaixonadamene, de sonhar mesmo acordado e viver em comunhão; pois o amor é a chama que aquece, é a luz que eternece a nossa alma e o coração!

Dindinho, todas as glórias que hoje alcançamos são dádivas de Deus. Tudo o que ELE nos reservou, acima de tudo o teu amor por mim, pelos nossos filhos; e acima de tudo por um Deus que nos fez forte e nos dá o sentido puro do amor, do perdão, da comunhão, do respeito; e enfim, nos conduz sempre numa mesma direção, onde olhamos na mesma ótica e nos encontramos em cada amanhecer!

Por isso eu rezo a Deus: Obrigada Senhor pela família que me desta, pela vida e pela prece, pelo esposo-amigo que encontrei; "pelo riso e pelo pranto, pelo encontro e encanto", pelo amor que eu ganhei.

Te amo!!!
Beijos de Tua Sônia

João Pessoa, 16 de Dezembro de 2008

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Tudo que é bom dura "pouco"!








Como tudo que é bom dura pouco, temos que voltar para casa mesmo; mas, sentiremos saudades e, ficarão as lembranças dos momentos que nos divertimos nesta terrinha do Tio San. Gostaria desde já, agradecer aos amigos George/Fabiana, Arí/Fátima, que fizeram da nossa viagem, a extensão de nossas casas; e em especial, a minha esposa Sônia, musa inspiradora dos dias meus, a ti minha querida, oferto meu coração.

Despeço-me deste lindo, adorável e encantador país, os Estados Unidos, deixando desde já, minha reserva para 2009. Até breve!

Amigo é coisa pra se guardar...





Bom demais!





Amigos do peito!





Viagem inesquecível!





Devaneando...




Sentado na areia fria da minha solidão, como que a contemplar a atmosfera do meu silenciar e, em devaneios, sinto a suavidade da brisa leve flutuando todo o arsenal da minha pobre existência.

Sigo o compasso das ondas, visíveis apenas aos corações apaixonados, pois só quem ama sente e, é capaz de descobrir o belo na intimidade humana.

Sou um eterno sonhador e, na oficina da vida dos meus sonhos vejo... sinto... percebo... que as verdades estão sempre presente aos dependentes de Absoluto, pois, a complexidade do universo é e será sempre um questionamento inacessível à nossa insignificância, à nossa capacidade de entender a natureza humana.

Só DEUS é que emana no delinear do nosso horizonte, uma mensagem lá do alto, do infinito, capaz de revolucionar a nossa história, porque só através da luz da fé, podemos deslumbrar o universo que canta a sinfonia do tempo, como uma prece divina orquestrando a melodia do eterno.

Sinto a presença de uma energia, como uma força, fonte geradora, presença viva na imensidão desta galáxia; e em êxtase, meu pensamento, meu coração, viaja ao som das notas musicais ao apelo do mestre.

Tudo me encanta, me fascina; quando Deus quer, tudo pode! Precisamos estar em sintonia ao poema do amor, a fim de quê, possamos ser co-participantes na construção de um mundo novo, mais humano e mais fraterno e, de mãos dadas, caminhar na estrada do tempo ao encontro do Amor.