sábado, 8 de novembro de 2008

Minha esposa...

"HÁ IMPLÍCITO EM NÓS UM GRANDE AMOR,
A CERTEZA DE AMAR, E SER AMADO;
ENCONTRO DE ETERNOS ENAMORADOS,
TESTEMUNHO DE VIVÊNCIA COM FERVOR."

ALFREDO FAGUNDES

A você minha esposa!

Deus sempre foi muito generoso comigo; Ele é a minha única referência , pois aprendi nas lições da minha infância. Sinto sua presença viva dentro de mim, como uma luz que ilumina meu caminhar.

Quando viajo nas páginas amareladas do tempo como um regresso da minha história, me envolvo de uma felicidade que não tem fim; vejo e sinto a presença viva da minha musa inspiradora, és meu poema de infinita beleza, a êxtase viva do meu coração, minha amiga e companheira inseparável, o meu melhor perfume; com ela, aprendi que a vida é bela, e que só o amor aquece o frio da solidão.

A você Sonia, minha esposa querida, oferto todo meu amor, pois, o tempo eternizara a historia de amor entre nos dois.

Eu te amo!
Do teu Alfredo.

Minha mãe...



"MÃE, BENDITA SEJAS TU! SANTUÁRIO DA BONDADE,
TESTEMUNHO DA VERDADE, RAZÃO DE TODO MEU SER.
CELULA QUE ME FEZ NASCER, LIÇÃO DE DIGNIDADE,
EXEMPLO PARA HUMANIDADE; MÃE ADORO VOCÊ!

ALFREDO FAGUNDES

Meu pai...



"VEJO-TE NO PASSADO DA MINHA VIDA,
NAS PÁGINAS TERNAS, JAMAIS ESQUECIDAS,
TEMPOS DOURADOS SÓ DE RECORDAÇÃO…
SINTO-TE PRESENTE A ME ENVOLVER,
POIS TU ÉS A RAZÃO DO MEU VIVER,
MEU PAI, MINHA ETERNA GRATIDÃO!"

ALFREDO FAGUNDES

Agradecimentos!



Meu agradecimento especial aos meus pais, Alfredo Alves de Sousa e Albertina Fagundes de Sousa, pois, deixaram em mim, marcas, sinais, testemunhos, presença viva de um Deus só para mim...

Elevo meu pensamento ao infinito, como prece de gratidão ao Absoluto e, eternizo o sonho da minha existência, da minha infância, como uma sinfonia de amor, a história da minha vida.

Descobri com meus pais, que o amor não se encontra além do horizonte, e sim, numa família simples, humilde, e comprometida com Deus, capaz de amar e perdoar, exercitando o amor no aprendizado do lar, vivenciando e testemunhando o dever de casa nos confins do tempo!